EnglishPortugueseSpanish

‘Com esse incentivo, a indústria da confecção regional avança e gera benefícios para todas as cidades envolvidas’, diz secretário municipal de Desenvolvimento Econômico. Para representante do Sindivestuário, ‘a história está bem costurada estruturalmente e em projetos para o crescimento do setor’; entenda o que é o Arranjo Produtivo Local do Vestuário.

Por g1 Zona da Mata — Muriaé

 

setor de confecções de Muriaé recebeu, recentemente, certificado de reconhecimento do Governo de Minas Gerais referente ao Arranjo Produtivo Local do Vestuário (APL) do município.
Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Cesar Bianchi, este é um passo importante para que o Polo de Moda da cidade e região possa se restabelecer em diversos aspectos.

Os APLs são aglomerações de empresas atuantes em um mesmo território e com especialização produtiva. Elas mantêm vínculos de cooperação entre si e têm objetivos comuns, como o crescimento do nível de emprego e renda, o aumento da produtividade e competitividade, a inovação tecnológica e a redução da mortalidade de micro e pequenas empresas.

O delegado regional do Sindicato das Indústrias de Vestuário de Muriaé (Sindivestuário) e empresário, Leonardo Morcef Veronese, comemorou o reconhecimento e ressaltou que a história do polo da moda está muito bem costurada estruturalmente e em projetos para o crescimento do setor.

Atualmente, Muriaé conta apenas com o APL do vestuário, composto pelas cidades de Eugenópolis, LaranjalMiraí, Patrocínio do Muriaé e Recreio. Mas além destes municípios, a Prefeitura informou que pretende ampliar a aglomeração junto ao Governo de Minas Gerais para contemplar outros da região, como Rosário da Limeira.

Grande movimentação econômica

Ainda de acordo com Leonardo, o polo de moda em Muriaé é consolidado como uma das maiores referências do mercado têxtil brasileiro e movimenta milhões de reais por ano, com uma produção aproximada de R$ 2,5 milhões de peças por mês. A produção é vendida em território nacional e internacional.

“Os números demonstram claramente a importância do setor não só para a região, mas para todo o Estado de Minas Gerais. Isso significa que o polo gera investimentos e movimenta grande fatia da economia, impulsionando o segmento e gerando emprego e renda para Muriaé e região”, analisou.

Alta demanda mesmo com pandemia

Segundo a Prefeitura, apesar das dificuldades que muitos setores sofreram por causa da pandemia de Covid-19, o setor do vestuário, principalmente o que envolve o APL, é composto por de cama, mesa e banho e roupa de dormir.

“Por isso tiveram uma grande procura no mercado, posto que a população ficou em casa e buscou estes produtos, o que fez que mantivessem suas atividades em funcionamento e desenvolvimento“, frisou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico.

Desenvolvimento do mercado

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico informou que tem desenvolvido diversas ações em busca da melhoria para o setor, dentre elas o desenvolvimento de um diagnóstico da confecção de Muriaé e região, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Sindicato das Indústrias do Vestuário (Sindivest-MG) e a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) para entender o panorama do mercado em relação ao APL.

objetivo do diagnóstico é planejar as atividades de desenvolvimento regional, além de investir na oferta de cursos de capacitação profissional nas áreas de costura, corte e modelista, e reciclar os empresários.

Conforme o delegado regional do Sindivestuário, um dos pontos para o desenvolvimento das empresas que compõem o polo é a utilização de processos e práticas de gestão eficazes, a aquisição de máquinas e equipamentos modernos, o desenvolvimento de produtos, a busca em pesquisa de mercado, a descoberta de tecidos inovadores e principalmente o investimento em design.

“O arranjo tem um contexto institucional composto por um número considerável de parceiros atuantes, buscando desta forma aumentar a capacidade de crescimento nos tornando assim mais competitivos e aptos a buscar novos mercados no mercado nacional e internacional”, destacou Leonardo.

Ações da Prefeitura e Sindivestuário

Conforme o secretário, a Prefeitura uniu forças com empresários, entidades, bancos, fornecedores e poder público para fortalecer o segmento. Uma linha de crédito diferenciada para os empresários do setor de confecção em diversos bancos atuantes na região também foi implantada.

“Além disso, o Governo do Estado, no último encontro em que participamos, assumiu o compromisso com os APL’s para capacitar cerca de 6 mil empresários em todo o estado, através do Sebraetec”, afirmou o Executivo

Outras ações:

  • Consultorias
  • Juros diferenciados junto a certos bancos
  • Imposto estadual diferenciado, após aprovação do Governo Estadual
  • Treinamento de novos profissionais e reciclagem
  • Selo do Polo
  • Peso de ser uma empresa do Polo de Muriaé

Já o Sindivestuário realiza pesquisas com o intuito de entender o atual momento da indústria de vestuário da região em comparação ao cenário nacional para propor caminhos adequados para o aumento de da competitividade.

Além disso, está em análise a redução ou extinção do sendo analisado e solicitado Junto a Fazenda do Estado a redução ou extinção do Diferencial de Alíquota do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o setor têxtil.

“Esperamos desta forma que tudo isso, e mais o que está por vir, venha de forma positiva e que, com o apoio dos governos estadual e municipal possamos juntos com nossos empresários fortalecer mais ainda nossa região, nossa Minas Gerais e nosso Brasil”, concluiu Leonardo.

fonte: https://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/2022/05/01/setor-de-confeccao-e-moda-de-muriae-recebe-certificado-de-reconhecimento-do-governo-de-mg.ghtml

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Posts recentes

O que é Serigrafia?

Serigrafia, também conhecido como silk-screen ou impressão a tela, é um processo de impressão à base de estêncil na qual a tinta é forçada através

Leia Mais »

Estampador de tecido

O auxiliar de estamparia em tecidos realiza processos de aplicação de estampas, confeccionando e executando o acabamento das peças. Deve também monitorar as máquinas que

Leia Mais »

Preencha seus dados e um consultor de
negócios irá entrar em contato com você

Entre em contato conosco: